sábado, 30 de julho de 2011

Sporting desilude na apresentação.


O Sporting jogou hoje contra o Valencia, e, desiludiu os sócios na apresentação. O Valencia marcou o primeiro golo aos 5 minutos por intermédio de Juan Bernat, Roberto Soldado, que já foi apontado ao Benfica, marcou novamente aos 32 minutos e Piatti, outro jogador que já esteve nos planos do Benfica, marcou aos 42.

Para o Sporting, uma exibição irreconhecível, sobretudo na primeira parte, foi devidamente penalizada com uma pesada derrota diante do Valencia, claramente a melhor equipa ao longo dos 90 minutos. O dia foi de festa em Alvalade apenas até ao apito inicial. Domingos Paciência ainda tem muito trabalho pela frente.

O Sporting alinhou de inicio com Rui Patricio, João Pereira, Carriço, Onyewu, Evaldo, Rinaudo, Izmailov, Djaló, Schars, Rubio e Postiga.

Em Alvalade estiveram perto de 50 mil pessoas a assistir à partida.


O que achou da exibição do Sporting? O que acha que ainda está por trabalhar na equipa leonina?

2 comentários:

Valter Correia disse...

Trabalho ainda há muito para fazer claro. E uma equipa com um treinador e meia equipa acabada de chegar, era de esperar que não fosse muito fácil.

A exibição foi boa. Todos dizem que não prestou, mas quem não percebe de futebol é que não vê isso. Faltam extremos na equipa e já ão perceber porque.

Primeiro, o sporting vai pagar muito, porque a arbitragem não vai de certeza gostar do Rinaudo. A praticamente ausência delefez-se notar em cada contra-ataque que a equipa sofria.

O valencia trabalha bem muito bem o seu jogo, tem um método ofensivo bem definido que encaixa com a forma como defende e com a forma de como trabalha os princípios gerais.

A equipa portuguesa realizou 33 ataques, salvo erro mais dez que a equipa espanhola. É uma diferença que já diz qualquer coisa e mais o número que foi elevado. Os princípios gerais aplicados ao futebol indicam que a equipa deve causar superioridade numérica, evitar a igualdade numérica e nunca estar em inferioridade. Pois bem, o valência armou um autocarro que raramente não tinha pelo menos 10 jogadores lá tras. só por isso já causava a superioridade numérica. Quando recuperavam a bola, apresentavam excelente progressão e várias vezes tiveram pelo menos a igualdade numérica. O que eu disse que faltava ao sporting são extremos. Fez falta abrir o autocarro muitas vezes fechado, mas a circulação de bola fazia-se várias vezes pelo corredor central. só a presença de um extremo de cada lado obrigaria dois jogadores adversários a marca-los. Eram menos dois no autocarro. Ainda para mais a bola demorava mais tempo para circular até esses extremos, aumentando assim o tempo de posse de bola e obrigando o adversário a percorrer uma distância maior, para explorar o contra-ataque. Assim a equipa lisboeta teria mais tempo para se organizar.
Digo contra-ataque, que foi nessa estratégia ou método em que jogaram os espanhois. os portugueses jogaram em ataque posicional.

O que eu gostei:
O helder postiga este ano não será o mesmo. até mesmo a nível do remate, remata com bastante mais força. As combinações com Rubio eram excelentes. Formam uma boa dupla. Com 18 anos, Rubio já apresenta bom futebol e será uma mais valia a longo prazo de certeza. Onyewo para o tamanho que tem, tem uma excelente mobilidade. Realizou bem a sua tarefa sempre que foi chamado. Rui patrício não cometeu nenhum erro, digo eu. no primeiro golo, não teve culpa, como muitos assinalam. Nem ele nem o defesa. o golo foi causado pela qualidade do adversário, que se antecipou e muito bem.

O que não gostei: Yanick pela esquerda e izmailov pela direita?
Se eu comandasse aquele plantel, yanick seria certamente um ponta de lança para desmarcações em ruptura. a ala ou extremo, demorará imenso tempo para atingir seja o que for, se lá chegar. quando chegou ao plantel era muito mais prometedor. izmalov rende sempre, mas prefiro ve-lo na esquerda. jogar com o seu pé mais forte do lado de fora de campo apresenta uma largura de jogo da equipa maior. foi forçado algumas vezes a perder a bola pelas suas entradas em diagonal. não jogou mal, mas eu preferia ve-o na esquerda. Rinaudo fez muita falta. estava em campo, mas pouco aparecia. foi pena, com uma exibição de topo e o sporting nunca teria sofrido os três golos.


há ainda muito trabalho para fazer. dominos sabe o que fazer e vai lá chegar. quanto à equipa, está de parabens. a exibição foi boa, mas claro que podia ser sempre melhor. a diferença foi a eficácia das duas equipas. de resto, jogaram de igual para igual.

abraço

Rikardoo'41 disse...

abraço valter, obrigado. bom texto